A incerteza dos dias de hoje

Muitos problemas nos rondam nos dias de pandemia, mas o principal deles é a incerteza de quem nos governa, que não sabe como proceder, nem como nos passar uma segurança de dias melhores. Falamos do comércio e de pessoas, que todos os dias esperam uma definição que é realizada em cima de números. Tudo isso por conta de uma saúde há muito fragilizada no país inteiro, mas também de uma cultura que comigo não acontece, do poder que tenho de fazer o que eu bem entender. O famoso “ninguém manda em mim” ainda mais quando o assunto é o (des)governo do país chamado Brasil. Mas se políticos parecem não estar muito aí com o povo, esse deveria se cuidar conta própria. A pandemia está aí e é uma realidade, não adianta fecharmos os olhos e fingir que ela não existe, pessoas estão morrendo, muitas pessoas, enquanto outras preferem fazer de conta que nada está acontecendo, tentando ter uma normalidade que não existe mais. As consequências dessa pandemia são imprevisíveis, o que sabemos é que será a pior possível e vai nos marcar para sempre. Devemos abandonar nosso eu e cuidar de todos, isso é o que já deveríamos ter aprendido a muito tempo, mas preferimos fechar os olhos para o próximo “o problema é dele”, muitas vezes o problema dele também se torna o nosso, isso é que como sociedade nunca vimos, não vemos a comunidade e sim apenas a nossa casa. Isso precisa mudar, mas por tudo que vimos e ainda estamos vendo, não vai ser agora e por não mudarmos o preço será muito alto. O que mais precisa acontecer para que tenhamos ciência que precisamos mudar? Nada do que tem no planeta é nosso, é tudo emprestado, inclusive a nossa vida. Por que não conseguimos cuidar uns dos outros como deveríamos? Perguntas como essas precisam ser respondidas, tudo está mudando, precisamos refletir sobre essas mudanças. Somos seres humanos e de uma forma ou de outra, precisamos uns dos outros enquanto estivermos aqui, mesmo que seja temporário. (FG Oliveira – Gerador de conteúdo)

Concept of important choices of a businessman

Compartilhe

Copyright © Circuito das Águas - Tudo num único lugar